AMMP

AMMP CULTURAL 16/08/2016

 

 

 

Palavras Compartilhadas

Sesc Palladium (Avenida Augusto de Lima, 420) De 16 de agosto a 25 de setembro, das 9 às 21 horas A exposição é parte das comemorações dos cinco anos do Sesc Palladium.  A artista plástica Rosana Ricalde apresenta três momentos relacionados à escrita: a imagem, a paisagem e a construção textual. Na obra de Rosana, a estrutura vocabular é extremamente exposta e ciente de sua visualidade. A reconstrução das palavras trafega da forma literária para a forma visual. Ao apropriar-se de textos teóricos ou poéticos, a artista apresenta uma nova leitura da linguagem, remetendo-nos ao poder da palavra ao longo dos tempos. O percurso da artista se entrelaça com o contemporâneo e as vanguardas da Arte Conceitual, com os movimentos artísticos do século XX, a poesia concreta e o surrealismo. Mais informações pelo telefone (31) 3270-8100  

Mondrian e o Movimento De Stijl

Até 26 de setembro, de quarta a segunda, das 9 às 21 horas) CCBB-BH (Praça da Liberdade, 450) A mostra Mondrian e o movimento De Stijl, organizada pela Art Unlimited   traz cerca de 100 obras — 30 das quais de Mondrian — e uma seleção de múltiplas manifestações do movimento De Stijl compondo o mais completo conjunto desse período já exibido no Brasil. São pinturas, desenhos de arquitetura, maquetes, mobiliário, documentários, publicações de época e fotografias de artistas do movimento da vanguarda moderna holandesa, conhecido como De Stijl (O Estilo), iniciado como revista em 1917 e que teve como ícone o pintor Piet Mondrian. Esses artistas elaboravam um tipo de “arte total”, usando cores primárias para criar obras sem restrições, claras e limpas, como eles imaginavam o futuro. A exposição mostra o percurso de Mondrian da figuração à abstração. A maior parte do acervo é procedente do Museu Municipal de Haia (Gemeentemuseum, Den Haag), da Holanda, que reúne a maior coleção do mundo de obras de Mondrian. Mais informações pelo telefone (31) 431-9400.  

3º Sinal – Belo Horizonte em cena

Até dezembro, de terça a domingo, das 10 às 17 horas; quarta e quinta, das 10 às 21 horas Museu Abílio Barreto (Avenida Prudente de Morais, 202) A história do teatro e seus personagens, construindo um panorama da diversidade de produção dessa arte ao longo da história de Belo Horizonte. Mais informações pelo telefone (31) 3277-8573.  

Ensaios visuais de Piemonte

Até 28 de agosto, de terça a sábado, das 10 às 21 horas; sábado e domingo, das 10 às 18 horas Casa Fiat de Cultura (Praça da Liberdade, 10) Trinta e quatro obras de dez novos artistas que retratam desde o cotidiano às belas paisagens dos alpes do Norte da Itália. Mais informações pelo telefone (31) 3289-8900.

 

 

 

 

O Musical Mamonas

Dias 2, 3 e 4 de setembro – sexta e sábado, às 21 horas; domingo, às 19h Sesc Palladium (Avenida Augusto de Lima, 420) Há 20 anos cinco garotos de Guarulhos viravam a música brasileira de ponta cabeça. Em uma carreira meteórica os “Mamonas Assassinas” fizeram história por sua irreverência, conquistando o país através de um escrachado rock’n roll combinado com diversos ritmos e letras bem-humoradas. E se os Mamonas pudessem contar sua própria história? Foi pensando nesta pergunta que o dramaturgo Walter Daguerre apresenta O Musical Mamonas. A direção é de José Possi Neto, o musical traz a mesma irreverência e o mesmo escracho que Bento, Dinho, Júlio, Samuel e Sergio demonstravam dentro e fora dos palcos. Ingressos em www.ingressorapido.com. Outras informações pelo telefone: (31) 3270-8100.  

O topo da montanha – Lázaro Ramos e Taís Araújo

Dias 15 e 16 de outubro – sábado, às 20 horas; domingo, às 19 horas Grande Teatro do Palácio das Artes (Avenida Afonso Pena, 1537) Os atores trazem a história de Martin Luther King, interpretado por Lázaro Ramos, e Camae, uma camareira em seu primeiro dia de trabalho, interpretada por Taís Araújo. A peça fala do envolvimento dos personagens e mistura humor e emoção, reinventando o último dia do pastor protestante, antes de ser assassinado. Faixa etária: 12 anos. Ingressos serão vendidos em breve. Outras informações pelo telefone (31) 3236-7400.  

Um interlúdio: a morte e a donzela

Até 28 de agosto, sexta e sábado, às 20h30; e domingo, às 19 horas Palácio das Artes – Teatro João Ceschiatti (Avenida Afonso, Pena, 1537) A companhia Encena comemora 30 anos de atividades com a peça “Um interlúdio: a morte e a donzela”, que, segundo o diretor Wilson Oliveira, propõe discutir o momento social e político por detrás de uma trama fictícia. Um suspense psicológico paira no ar a partir do momento em que uma mulher diz ter reencontrado o homem que a torturou 15 anos antes. Mais informações pelo telefone (31) 3236-7400.  

Proibido para maiores

De 19 a 28 de agosto (sexta e sábado, às 20h30; domingo, às 19 horas) Theatro Brasil Vallourec – Teatro de Câmara (Avenida Amazonas, 315) A peça se trata de uma divertida comédia de um casal que passa a noite de sexta-feira, trancados no banheiro do próprio apartamento. Comédia onde a plateia se identifica com cada momento hilário, sensual e confuso de um casal em apuros. Classificação indicativa: 12 anos. Ingressos na bilheteria. Mais informações pelos telefones (31) 3201-5211 / (31) 99665-6687. 

Os Melhores do Mundo – Notícias Populares

Dias 17 e 18 de setembro, sábado, às 21 horas; domingo, às 19 horas Grande Teatro do Palácio das Artes (Avenida Afonso Pena, 1537) O espetáculo traz uma crítica bem-humorada a respeito do jornalismo sensacionalista e promete arrancar muitos risos do público. Já assistido por milhares de pessoas em todo o país, é constantemente atualizado pelo grupo, de modo a mantê-lo sempre em diálogo com o dia a dia do público. Com piadas e sacadas que fazem referências à Região Metropolitana de Belo Horizonte, o icônico personagem Joseph Klimber e outros personagens memoráveis apresentam esquetes intercalados com a bancada de telejornal em que uma âncora apresenta as notícias a serem dramatizadas no palco. Ingressos em http://www.ingresso.com/belo-horizonte/home/espetaculo/teatro/os-melhores-do-mundo-noticias-populares-edicao-extra/palacio-das-artes.  Classificação etária 15 anos. Mais informações pelo telefone (31) 3236-7400.

 

 

 

 

Aquele Abraço – O Musical – O Poeta, a Canção e o Tempo

Dias 27 e 28 de agosto, sábado, às 21h; e domingo às 19h Grande Teatro do Palácio das Artes (Avenida Afonso Pena, 1537) O espetáculo Aquele Abraço – O Poeta, a Canção e o Tempo é um m Musical inspirado na vida e obra do ícone da Música Popular Brasileira, Gilberto Gil, em homenagem aos 50 anos de carreira do artista. Interpretando 55 músicas cantadas total ou parcialmente, sobem ao palco os atores Alan Rocha, Cristiano Gualda, Daniel Carneiro, Gabriel Manita, Jonas Hammar, Luiz Nicolau, Pedro Lima e Rodrigo Lima, que comandam o espetáculo com energia e vitalidade inigualáveis. Gilberto Gil não participa do espetáculo. Na dramaturgia e direção geral, o premiado Gustavo Gasparani – que estudou todas as letras, ouviu todos os discos e leu todos os livros publicados sobre Gil antes de finalmente conceber esta homenagem – cuidou de trazer para o espetáculo o lugar de risco e ousadia presente na carreira do compositor, sem deixar de lado a delicadeza que sempre o acompanhou. O resultado é uma montanha russa de emoções que podem ser sentidas pelo público durante toda a apresentação, em um musical único e imperdível. Ingressos em http://www.ingresso.com/belo-horizonte/home/espetaculo/teatro/gilberto-gil-aquele-abraco-o-musical-palacio-das-artes/palacio-das-artes. Classificação etária: 12 anos. Mais informações em (31) 3236-7400.  

Recital Betânia

Dia 30 de agosto, às 20 horas Sesc Palladium (Avenida Augusto de Lima, 420) O espetáculo “Bethânia e as Palavras” tem uma coletânea de poesias e textos escolhidos por Maria Bethânia em uma apresentação que mistura literatura e música. A artista lê poetas de todas as gerações, como Guimarães Rosa, Manuel Bandeira, Cecília Meireles, Sophia de Mello Breyner, Padre Antonio Vieira, Caetano Veloso, Fausto Fawcet, Ferreira Gullar, entre outros. As leituras serão entremeadas por trechos de conhecidas canções brasileiras e portuguesas como ABC do Sertão (Luiz Gonzaga), Romaria (Renato Teixeira), Estranha Forma De Vida (Amália Rodrigues) e Marinheiro Só (domínio público/adaptação Caetano Veloso). Mais informações pelo telefone (31) 3270-8100.  

Guilherme Arantes

Dia 19 de agosto, às 21 horas Cine Theatro Brasil (Avenida Amazonas, 315) O público mineiro poderá conferir grandes sucessos do artista, como “Planeta água”, Amanhã” e “Coisas do Brasil”, em roupagem erudita, sob regência do maestro Leonardo Cunha. Ingressos em  www.compreingressos.com. Mais informações pelos telefones (31) 3201.5211 e (31) 3243.1964. 

Era Domingo  – Zeca Baleiro

Dia 21 de agosto, às 20 horas Grande Teatro do Palácio das Artes (Avenida Afonso Pena, 1537) O show de Zeca Baleiro em Belo Horizonte faz parte da turnê de seu novo álbum, “Era Domingo”. Além do repertório do último disco, Baleiro leva para o palco releituras de suas próprias canções e de artistas que admira, como Marina Lima, Herivelto Martins e David Bowie. Do novo álbum, o show destaca “Era Domingo”, “Ela Parou no Sinal”, “O Amor é Invenção” e “Homem Só”. Zeca será acompanhado por sua banda, formada por Tuco Marcondes (guitarra, guitarra de 12 cordas, violão de aço, banjo e vocais), Fernando Nunes (baixo e vocais), Pedro Cunha (teclados, samplers sintetizadores e sax barítono), Adriano Magoo (teclados, acordeon e vocais) e Kuki Stolarski (bateria). Mais informações pelo telefone (31) 3236-7400. 

Geraldo Azevedo

Dia 25 de agosto, às 21 horas Palácio das Artes (Avenida Afonso Pena, 1537) O pernambucano volta à capital mineira apresentando temas como “Dia Branco”, “Táxi Lunar”, “Morena Linda Flor” e “Veneza Americana”. Ingressos a partir de R$ 45 à venda na bilheteria do Palácio das Artes e pelo site Ingresso.com.
Ingressos na bilheteria do teatro ou no site
www.ingresso.com. Mais informações pelo telefone (31) 3236-7400.  

Uma voz, um instrumento – Luiz Melodia

Dia 20 de agosto, às 21 horas Teatro Bradesco (Rua da Bahia, 2244) Chega a BH a terceira edição do projeto “Uma voz, um instrumento”, desta vez com o carioca Luiz Melodia. Ingressos na bilheteria do teatro (de segunda a sábado, das 12h às 20h, domingo, das 12h às 19h) ou pelo site www.ingresso.com. Mais informações em (31) 3516-1360.  

Paulinho da Viola

Dias 26 e 27 de agosto, às 21 horas Teatro Bradesco (Rua da Bahia, 2244 – Lourdes) Um dos nomes mais importantes do samba, Paulinho da Viola faz duas noites de shows em Belo Horizonte nos dias 26 e 27 de agosto (sexta e sábado). Vendas na bilheteria do teatro (de segunda a sábado, das 12h às 20h, domingo, das 12h às 19h) ou pelo site www.ingresso.com. Mais informações pelo telefone (31) 3516-1360. 

As Poderosinhas – Anita

Dia 21 de agosto, às 18 horas BH Hall (Avenida Nossa Senhora do Carmo, 230) Voltado para o público infantil, o show terá muitas surpresas e cenário bem colorido. No repertório, sucessos de sua carreira como “Show das Poderosas”, “Não Para”, “Meiga e Abusada”, canções do novo cd “Bang” e hits de outros artistas, como Ariana Grande, Taylor Swift e Katy Perry. Ingressos no local ou em http://premier.ticketsforfun.com.br/. Mais informações pelo telefone (31) 3209-8989. Classificação livre. 

Novos Baianos

Dia 10 de setembro, às 22 horas BH Hall (Avenida Nossa Senhora do Carmo, 230)
Os Novos Baianos despontaram nos anos 70, com canções que atravessaram gerações, como “O Samba da Minha Terra”, “Preta Pretinha”, “Brasil Pandeiro”, “Acabou Chorare”, “Mistério do Planeta” e “A Menina Dança”, muitas das quais estarão no repertório da nova turnê. A banda formada por Moraes Moreira, Baby do Brasil, Pepeu Gomes, Paulinho Boca de Cantor, Luiz Galvão voltam a se reunir para a turnê “Acabou Chorare os Novos Baianos se encontram”.
Informações sobre vendas de ingressos em breve.  

Alceu Valença

Dia 16 de setembro, ás 21 horas Theatro Brasil Vallorec (Avenida Amazonas, 315) No palco, o Alceu desfila um roteiro musical, a partir de sua trajetória, e interpreta canções que escreveu e cantou pelas ruas de cidades e países por onde tem andado ao longo de sua carreira.  Temas do agreste e do sertão pernambucanos, como Pau-de-Arara, Xote das Meninas e Sabiá, imortalizados por Luiz Gonzaga, sopram o vento de puro éter de Cavalo-de-Pau e repisam as ruas do passado de Cabelo no Pente. Mais informações pelo telefone (31) 3201-521. 

Pancadélico – Jota Quest

Dia 24 de setembro, às 22 horas BH Hall, Avenida Nossa Senhora do Carmos, 230 A banda mineira apresenta o disco “Pancadélico”,  produzido pelo americano Jerry Barnes, o mesmo de “Funky Funky Boom Boom”. O trabalho conta com colaborações de Anitta, Arnaldo Antunes e Nile Rodgers (o guitarrista que está em alta por suas parcerias com Daft Punk e outros famosos). Ingressos em www.ticketsforfun.com. Mais informações pelo telefone (31) 3209-8989. 

Banda Whitesnake 

Dia 25 de setembro, às 22 horas BH Hall (Avenida Nossa Senhora do Carmo, 230) O grupo fundado e formado pelo cantor do Deep desembarca no Brasil  para sete shows da turnê “The Greates Hits Tour”, que conta com os maiores sucessos e canções dos álbuns “Slide it in, Whitesnakee Slipof the Tongue”.  Após deixar o DeepPurple em 1976, Coverdale formou o Whitesnake em 1978 e iniciou uma jornada que o levou do ‘early heavy blues rock’dos anos 70, com os álbuns “Trouble”, “Lovehunter”, “ReadyandWillinge Come an’ Get it”, até o hard rock explosivo do renovado Whitesnake, com o multiplatinado disco “Slide it in” e o autointitulado “Whitesnake”, que vendeu milhões de cópias com seus hits esmagadores. Ingressos em www.ticketsforfun.com.br. Outras informações pelo telefone (31) 3209-8989.

 

 

 

 

Concertos

Arnaldo Cohen Dia 30 de agosto, terça, às 20h20 Teatro Bradesco (Rua da Bahia, 2244) Um dos mais importantes pianistas brasileiros, Arnaldo Cohen, encerrará a temporada 2015 da série de Concertos do Teatro Bradesco do Centro Cultural Minas Tênis Clube. Na única apresentação de Cohen serão interpretadas músicas do repertório de Debussy, Albéniz, Scriabin e Listzt. Considerado pelo maestro Yehudi Menuhin, um dos mais extraordinários pianistas, Cohen já realizou mais de dois mil concertos ao redor do mundo nos mais importantes teatros como o Concertgebouw de Amsterdã, Champs Elysées de Paris, Albert Hall de Londres, a Sydney Opera House na Austrália e Teatro Municipal do Rio de Janeiro. Classificação 8 anos. Ingressos em https://compra.compreingressos.com/comprar/etapa1.php?apresentacao=123160&eventoDS=arnaldo-cohen-concertos. Outras informações pelo telefone (31) 3516-1360.

 

 

 

 

10 anos de Inhotim

De 1º a 11 de setembro Inhotim (Brumadinho) A celebração dos dez anos de Inhotim, o maior museu de arte contemporânea da América Latina, tem intensa e diversificada programação cultural. As ações incluem uma homenagem ao artista Tunga, falecido em junho e figura central na concepção do Instituto; a montagem de nova exposição temporária nas galerias Mata e Lago; programação noturna com gravação do DVD do show “Na Medida do Impossível”, de Fernanda Takai; a terceira edição do Seminário Internacional de Educação Inhotim; e apresentações da cantora Marisa Monte e da Orquestra Filarmônica de Minas Gerais. 

PROGRAMAçãO

Experiências em trânsito: 3º Seminário Internacional de Educação Inhotim 1º a 3 de setembro, quinta-feira a sábado O Seminário Internacional de Educação Inhotim chega a sua terceira edição com o tema Experiências em trânsito. O evento pretende discutir as fronteiras simbólicas e físicas da ação educativa e evidenciar iniciativas no campo da educação motivadas por questões contemporâneas que inspiram relações e comportamentos mais sustentáveis e inclusivos. Palestrantes: José Pacheco (Portugal), Mona Jas (Alemanha), Sepake Angiama (Inglaterra), Pablo Ares (Argentina), Lala Deheinzelin (Brasil), Genebaldo Freire Dias (Brasil), Louise Ganz (Brasil), Jefferson Sooma (Brasil), Natacha Costa (Brasil), Yara Castanheira (Brasil) e Paulo Nazareth (Brasil). Ingresso: R$ 25 por dia, dá direito à visita ao Parque. Mais informações: http://www.inhotim.org.br/10anos Noite Aberta: Gravação DVD Fernanda Takai e Homenagem a Tunga 3 de setembro, sábado Pela primeira vez, o Inhotim fica aberto ao público para visitação noturna, com a Noite Aberta. A edição inaugural do projeto tem show às 18h30 da cantora Fernanda Takai para gravar o DVD de seu mais recente disco solo, “Na medida do impossível”. O palco será montado próximo à árvore Tamboril, na área central do parque, onde haverá estrutura de alimentação com diferentes opções de food trucks. A Noite também será o ponto de partida para a homenagem a Tunga, que acontece no Inhotim durante a programação comemorativa de dez anos. O Restaurante Tamboril fica aberto para jantar. Ingresso: R$ 60 inteira. Dá direito a visita ao parque durante o dia e pode ser adquirido pelo link: http://www.inhotim.org.br/10anos Inauguração 2016 8 de setembro, quinta-feira O Inhotim faz sua inauguração anual, desta vez com uma nova exposição temporária nas galerias Mata e Lago. Tomando os dez anos do Instituto como momento simbólico de reflexão sobre a trajetória da instituição, assim como a pluralidade de sua coleção, “Por aqui é tudo novo” articula trabalhos de diferentes momentos na cronologia do Inhotim, criando novas leituras sobre o acervo.  O nome da exposição surge a partir do relato do viajante James W. Weels, que, no final do século 19, passou por Brumadinho e se surpreendeu com a região. Ao refletir sobre a história da instituição e suas projeções para o futuro, a exposição coloca em evidência produções de artistas mais jovens da Coleção Inhotim, como Pablo Accineli, Erika Verzutti ou Sara Ramo, ao mesmo tempo em que as relaciona com nomes consagrados, a exemplo de Di Cavalcanti, Victor Grippo ou Artur Barrio, criando diálogos entre obras de diferentes épocas. A mostra também busca conexões a partir de linguagens artísticas mais recentes, que as instituições culturais têm integrado em suas coleções, como é o caso da performance. Nesse sentido, integra a exposição o trabalho Marra (1996), de Laura Lima. “Por aqui é tudo novo” procura lançar as bases para pensar o futuro do Inhotim, revelando associações inéditas em seu extenso acervo de aproximadamente 1.300 obras de arte. Já na Galeria Praça, a exposição “Amor lugar comum”, inaugurada em 2013 com trabalhos de Luiz Zerbini, passa a exibir mais uma obra do artista: Natureza Espiritual da Realidade III (2015). Homenagem a Tunga 3, 8 e 9 de setembro, sábado, quinta e sexta-feiras A programação dedicada a Tunga começa durante a Noite Aberta, em 3 de setembro. As instalações True Rouge (1997) e Deleite (1999) ficam disponíveis para visitação noturna. No dia 8, a Galeria Psicoativa é o cenário para a realização de Vanguarda Viperina, às 11h e às 13h. Apresentada uma única vez no Brasil, em 1985, a performance envolve três serpentes, sedadas e trançadas com o acompanhamento de uma equipe de biólogos do Instituto Vital Brasil. O público poderá acompanhar o destrançar dos répteis a medida que o sedativo perde efeito. às 17h, próximo a Deleite, narrativas escritas por Tunga são lidas por convidados e distribuídas ao público em uma edição comemorativa. Já às 19h, a coreógrafa Lia Rodrigues, parceira de trabalho de Tunga, coordena uma nova apresentação de True Rouge, realizada por último no Inhotim em 2004, antes da abertura da instituição ao público. Homens e mulheres nus espalham gelatina vermelha por seus corpos e pela obra enquanto o material vai se depositando nos vidros e piso da galeria. Especialmente para a ocasião, o Restaurante Tamboril fica aberto para o jantar e oferece o Menu Vermelho, com pratos que trazem ingredientes na cor que tem forte presença no trabalho de Tunga. Funcionamento: 20h às 22h, valores divulgados em breve. No dia 9, Vanguarda Viperina é apresentada às 14h na Galeria Psicoativa. às 15h, no mesmo espaço, é a vez da performance Make-up Coincidence, em que um casal nu maquia as esculturas de A Prole do Bebê (2002) com giz, pasta de maquiagem, gelatina e esmalte cerâmico ao mesmo tempo em que passa os materiais no corpo. No espaço, também acontece uma nova sessão de leitura das narrativas de Tunga. Visita temática especial – Inhotim dez anos Quartas, sábados, domingos e feriados de setembro. Especialmente também na terça-feira, 6 de setembro Saída da recepção, às 10h30. Programação gratuita para visitantes. Show Marisa Monte 10 de setembro, sábado Em um show que celebra a primeira década do Inhotim, Marisa Monte apresenta um repertório com canções representativas de sua carreira. A apresentação acontece às 15h, no Palco Magic Square, em área reservada do parque com serviços de alimentação e bebidas para o público. Ingresso: R$ 150 inteira. Dá direito a visita ao Parque e pode ser adquirido a partir de 05/08 pelo link: http://www.inhotim.org.br/10anos Concerto Orquestra Filarmônica de Minas Gerais 11 de setembro, domingo Parceira do Inhotim há anos, a Orquestra Filarmônica de Minas Gerais faz concerto de encerramento das comemorações de aniversário da instituição. Sob regência do maestro Marcos Arakaki, a apresentação acontece às 11h no Palco Magic Square e traz um repertório vigoroso, com oito peças, dentre elas Danças Eslavas, op. 72, nº 1, de Dvorák, a Abertura de Maria Tudor, de Carlos Gomes, e Gymnopédies 3 e 1, de Satie, com arranjos de Debussy. Programação gratuita para visitantes. 

Experimente – Feira de Cervejas Artesanais

Todo SEDE CERVEJAS ARTESANAIS E GASTRONOMIA

Todo segundo sábado do mês, das 11 horas às 18 horas Praça dos Quatro Elementos – Jardim Canadá, Nova Lima São mais de 20 cervejarias artesanais brasileiras e outras várias novidades, que permitem aos mineiros descobrir os diferentes sabores da combinação de cerveja artesanal com gastronomia em geral, música e artesanato. A Feira Experimente vai além da cerveja e também traz música, gastronomia e uma programação variada. Valéria Tecles Lamego é a chef convidada, do tradicional Rick’s Café e Pastelaria, que traz os famosos pastéis da Savassi para a Feira. As bandas Hocus Pocus e Rafael Martini animam a tarde ao lado do Clube do Vinil, que comanda as pick-ups. A cervejaria convidada será a Antön Beer, de Sete Lagoas, que leva seus sabores cosmopolitas ao público, com cervejas Vegas, Berlim e Rio. E o Brownie Bistrô é o produtor do mês, que vai adoçar os paladares dos visitantes. Esta edição conta ainda com uma novidade, a participação da Retoke, uma feira itinerante de moda e decoração que traz roupas, acessórios e objetos de design de marcas jovens e inovadoras. A Feira de Adoção do Projeto Cãomer marca presença novamente na Experimente. O projeto recupera, por meio de doações, cães e gatos abandonados Jardim Canadá e região e promove uma feira para adoção responsável.

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.